O Ensino de História e o Livro Didático

A Revista Acadêmica Online, com prazer, introduz o Projeto de Pesquisa intitulado “O Ensino de História e o  Livro Didático”, de lavratura das autoras Angélica Florentino de Oliveira, Carla Maria Fernandes Tuchinski, Cristiane Frizzera, Eliane Aparecida Rocha da Silva, Gabrielle Luzes Galvão, Kaliandra Silva Tossi, Marinete Miranda da Silva, Patrícia Aparecida Gonçalves, Renata Fernandes Tuchinski, Roseli Barbosa, Silvana Reifur Morais, Silvana Salviano dos Santos Neves

Iniciamos a apresentação com o seguinte trecho, servindo-nos das palavras das autoras:

[...]“As mudanças nas metodologias de ensino são constantes, os livros didáticos também estão sempre se aperfeiçoando e cabe ao professor buscar e se aperfeiçoar também, buscando romper barreiras e pensar na melhor forma de transmitir o conteúdo para o aluno, já que cada um aprende de formas e em ritmos diferentes[...]”.

Esta, a síntese do Projeto:

Este artigo tem como tema principal o Ensino de História através do Livro Didático, tema escolhido após as observações de estágio em salas de aula do Ensino Fundamental e tem como objetivo mostrar a história do livro didático, como foi seu surgimento e obstáculos que enfrentou durante a história, a perseguição dos governantes principalmente aos livros didáticos da disciplina de História, o processo até chegar ao que é atualmente. Também tem como finalidade mostrar como seu uso em sala de aula se modificou, como é visto no processo de ensino aprendizagem do aluno e como ferramenta de trabalho para o professor e também seus pontos positivos e negativos no ensino atualmente. Durante a pesquisa, buscou-se compreender por que atualmente professores procuram outros métodos, se procuram e como procuram para usar em sala de aula para complementar o conteúdo dos livros. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica com abordagem qualitativa, feita através de pesquisa em livros, artigos científicos e pesquisas em sites, usando como fontes teóricos que trataram do assunto. Através da pesquisa ficou claro que o ensino feito com base apenas no livro didático já não é o mais utilizado, os professores atualmente complementam o conteúdo com outras fontes didáticas.

Nota do Editor:

As autoras ao estudar o uso do livro didático para o ensino de História, interrogam-se  sobre aspectos ideológicos relacionados a aprendizagem atualmente. A contribuição  filosoficamente é fecunda pois indagam-se sobre uma tecnologia física, robusta, como o livro, com outras formas de aprendizagem, levando em consideração a multiplicação dos meios de comunicação, tecnologia, plataformas de ensino e aplicativos em voga. Ponderam que se bem utilizados esses recursos digitais podem ser, ao lado do livro físico, aproveitados como uma poderosa alavanca para mediar a relação Professor-Aluno, no processo educativo, cuja velocidade ímpar poderá dinamizar os conhecimentos que já se encontram impressos no livro didático.

“[...] Fica claro que o livro ainda é a principal ferramenta, mas não é e não deve ser a única, o livro não deve ser usado como muleta, o professor/educador não deve se acomodar e sim buscar sempre se aperfeiçoar [...]

O raciocínio nesta pauta permite reconciliar o ensino com as tecnologias digitais com um fundo de respeito à sabedoria mais antiga do livro, podendo explicitá-las por uma mesma articulação temática, entre o que é moderno, com o antigo método de ensino legado pela tradição – o livro.

Cada categoria do trabalho é preservada em sua especificidade, informando-nos a possibilidade da alternância cíclica entre os meios de ensino, respeitando a ordem de diversificação dcoumental existente, como livros, documentário, o pictórico e outras expressões como legítimas fontes de estudo.

Paz e Bem!

Para leitura, na íntegra, em P.D.F, clique no link a seguir:

 

artcient06092020.pdf (176324)

Visitantes Amazing and shiny stats
Blog Counters

 Apoio

 

 

Contato

Revista Academica Online editorial@revistaacademicaonline.com